Caso Ninho do Urubu: Youtuber polêmico participará de programa no canal do Flu

André Luiz fez declarações absurdas sobre as mortes do meninos do Ninho

Clube europeu tem interesse na contratação de titular do Flamengo, afirma portal
(Foto: Reprodução/Alexandre Vidal/Flamengo)

O torcedor do Flu, que causou indignação na torcida do Flamengo, participará do canal oficial do time tricolor. Recentemente, André Luiz utilizou o Youtube para fazer declarações absurdas sobre caso no Ninho do Urubu.

Relembre o que foi dito:

“Paguem às famílias, mulambos. Paguem às famílias das crianças que vocês fizeram de churrasquinho lá. Isso é o que importa na verdade. Futebol, se ganha e se perder dentro de campo. Ceifar a vida de dez crianças, só vocês, nenhum outro clube do mundo vai carregar isso. Vocês vão carregar dez caixões nas costas por toda a eternidade”, disse André Luiz na ocasião.

O convite feito pelo Fluminense está causando polêmica. André foi chamado para o Boteco Tricolor da FluTV. No formato de pré-jogo, o programa será exibido ao vivo às 18h30, neste domingo.

Caso Ninho do Urubu:

Uma declaração infeliz do torcedor André Luiz Marques de Oliveira no Youtube sobre a tragédia do Ninho do Urubu causou indignação. André procurou o Departamento Jurídico do Clube de Regatas do Flamengo para viabilizar um acordo com a instituição.

Após procurar os representantes do clube, André terá que arcar com a doação de 20 cestas básicas para uma instituição de caridade indicada pelo Departamento de Responsabilidade Social do Clube. Além de se retratar formalmente no seu canal no Youtube. Em contrapartida, o Flamengo não entrará com as ações cabíveis contra ele.

André, no último domingo, divulgou a nota de retratação pelo que foi dito no vídeo postado em 15 de maio de 2021, com relação ao incêndio que levou ao falecimento dos meninos no Ninho do Urubu. André pediu desculpas aos familiares dos menores que faleceram, à instituição Flamengo e as torcidas tanto do Fla como do Flu.

“Reconheceu o erro, entrou em contato com a gestão do Flamengo e solicitou um acordo para que pudesse se retratar da falha que cometeu ao desrespeitar o clube e a memória dos meninos falecidos no incêndio”, disse em nota.