Marcos Braz fala sobre a esperança de reverter a punição de Gabigol

Até o momento, camisa 10 do Mais Querido se encontra suspenso por 2 anos

Foto: Reprodução/Twitter

A defesa de Gabigol continua ativa na tentativa de fazer o atacante voltar aos gramados após ter sido suspenso. Na última terça-feira (02), a equipe do jogador do Flamengo foi até o Corte Arbitral do Esporte (CAS) na tentativa de derrubar o efeito suspensivo. Além disso, Marcos Braz, vice-presidente de futebol do clube rubro-negro, atualizou a situação do camisa 10 e confirmou que o clube está na luta para derrubar a punição.

Braz declarou em entrevista na zona mista que o Flamengo está trabalhando junto com seus advogados para reverter a situação no Comitê Internacional. “O Flamengo nesta semana está trabalhando junto com seus advogados, fazendo o dever de casa para que possamos reverter isso no Comitê Internacional. É uma esperança nossa. Eu acho que houve um equívoco nessa punição. Até porque o exame dele (Gabigol) deu negativo, ele fez exames de sangue e urina, não apresentou absolutamente nenhum tipo de substância. Foi zero.”, explicou Braz.

O Vice-presidente de futebol do Flamengo prosseguiu: “Então acreditamos que houve um erro nessa punição e esperamos que o Comitê Internacional reveja a situação e Gabigol esteja conosco o mais rápido possível. O advogado do Flamengo vai à Suíça, onde é sediado o CAS, para que possamos reverter o quadro. Na defesa do Flamengo, o clube faz pedido de efeito suspensivo de forma imediata para que o jogador possa ter condição de jogo o mais rápido possível.”, finalizou.

Gabigol foi suspenso por dois anos dos gramados após não respeitar os profissionais da equipe responsável pelos testes antidoping em 2023. No entanto, ele já cumpriu parte da penalização e só poderá retornar em 2025. Durante esse período, o jogador não poderá utilizar as instalações do clube para atividades profissionais.

Com Gabigol indisponível, o Flamengo enfrentará o Nova Iguaçu no próximo domingo (07), às 17h (horário de Brasília), em jogo válido pela segunda partida da final do Campeonato Carioca, no Maracanã.