Consórcio do Maracanã nega liberação para a partida entre Vasco e Chapecoense

Cruzmaltino deve entrar na justiça para reverter o atual cenário

Presença do craque! Vidal tem ida ao Maracanã prevista para esta noite
Foto: Alexandre Vidal/CRF

A dupla Flamengo e Fluminense, que atualmente detém a o consórcio do Maracanã, negaram o pedido do Vasco em realizar a estreia de Alex Teixeira no estádio. Nesse sentindo, a localização da partida entre o cruzmaltino e a Chapecoense, , no próximo domingo, válida pela 22ª rodada da Série B do Brasileirão, segue incerto. Isso porque, o caso deve parar na justiça. Informação dada pelo site “GE”.

Siga Diário do Fla no Twitter 

Nesta terça-feira, às 11h30, pouco antes do prazo de final, de meio dia, o CEO do consórcio do Maracanã, Severiano Braga, negou mais uma vez o pedido do Vasco em realizar uma partida no estádio. Assim como o ocorrido na partida contra o Sport, a justificativa para a recusa foram as atuais condições do gramado.

Siga Diário do Fla no Instagram 

O grande impasse é a data da partida contra a Chapecoense, marcada para o dia 31 de agosto. A dupla Flamengo e Fluminense buscam preservar as condições do gramado e principalmente a saúde dos atletas. Sendo assim, o grande histórico de jogos seguidos danificam o estado do campo. O consórcio busca uma solução amigável, como por exemplo, remarcar a partida do alvinegro para outra data.

Curta Diário do Fla no Facebook 

Por outro lado, o Vasco pretende tomar medidas cabíveis e deve recorrer à Justiça para obter uma liminar, como ocorreu anteriormente no jogo contra o Sport. Além da partida contra a Chape, o cruzmaltino ainda pretende mandar mais duas partidas no Maracanã: uma no meio do meio do segundo turno da Série B (a definir) e contra o Criciúma, pela 36ª rodada.