Sesc RJ Flamengo supera o Pinheiros no tie-break
Foto: Maarcelo Cortes / Flamengo

O confronto desta terça-feira (21.12), diante do Pinheiros, foi o último de 2021 do Sesc RJ Flamengo. E vivendo uma temporada de altos e baixos, o time de Bernardinho voltou a oscilar em quadra, mas no final conseguiu superar seu adversário, no tie-break: 3-2 (21-25, 25-16, 25-22, 22-25 e 15-9). Com o resultado, manteve o quinto lugar, agora com 19 pontos, conquistados em seis vitórias.

Siga o Diário do Fla no Twitter

Eleita a melhor em quadra, a ponteira Milena, que entrou no segundo set para não mais sair de quadra, aposta que o Sesc RJ Flamengo pode alcançar resultados melhores daqui em diante. Principalmente se confiar mais no seu próprio potencial.

“O mais importante da vitória de hoje foi o grupo. Em qualquer resultado, vitórias ou derrotas isso é o que importa. O Bernardo sempre frisa muito isso para a gente. É sempre o grupo que prevalece. Acho que ainda falta confiarmos mais no nosso time, olharmos mais para a gente. Temos time para brigar lá em cima”, resumiu Milena, que anotou 19 pontos.

O jogo
O jogo começou com um Sesc RJ Flamengo aproveitando os erros do Pinheiros. E sustentou a ponta no placar até um ace de Milka: 9-7. No entanto, a partir daí, a equipe paulista diminuiu as falhas e passou a pressão para o lado das donas da casa, que não conseguiram sustentar a virada de bola e o volume de jogo. Em cinco pontos seguidos as visitantes viraram o confronto: 9-12. Com Giovana no saque, após dois aces, o time de Bernardinho virou e chegou aos 13-12. Mas não sustentou novamente a frente.

Siga o Diário do Fla no Instagram

O Pinheiros chegou a 15-13 com ace de Talia, o Sesc RJ Flamengo voltou a correr atrás, empatou em 18-18 num block de Yonkaira Peña, mas foi o último suspiro. A equipe paulista assumiu o domínio e fechou em 25-21.

Bernardinho, que havia começado o jogo com Sabrina, Giovana, Maira, Yonkaira Peña, Valquiria, Milka e Natinha, trocou para a segunda parcial. Lançou Milena na ponta e moveu Peña para a saída. E funcionou. Domínio completo do Sesc RJ Flamengo: 25-16. Mas o Pinheiros não se intimidou e voltou firme para o terceiro set.

Após um início equilibrado, o time paulista abriu 15-10 em um bloqueio de Gabi Martins, mas o Sesc RJ Flamengo reagiu e encostou 15-16, após dois pontos de Milena. A virada veio em um block de Milka (17-16) e a equipe de Bernardinho abriu vantagem para fechar em 25-22.

Com muitos erros, o Sesc RJ Flamengo sofreu na quarta parcial e viu o Pinheiros abrir 8-4. Bernardinho parou o jogo, pediu mais calma e encostou no adversário em um ace com Marcelle: 14-15. Em outro ace, de Giovana, a equipe carioca empatou em 16-16, virou e ampliou em um erro adversário: 19-17. Mas voltou a pecar na virada de bola e viu o Pinheiros virar, abrir e fechar em 25-22.

No momento decisivo da partida, o Sesc RJ Flamengo mostrou a estabilidade que Bernardinho havia pedido no set anterior. O resultado foi se manter a frente em todo tie-break. O Pinheiros, por outro lado, errou bastante. E não conseguiu nem assustar as donas da casa, que abriram logo vantagem. Após um block de Milka, o placar marcava 6-2. Com outro bloqueio, de Giovana, a vitória se encaminhou de vez: 10-4. E num ataque de Peña fechou: 15-9.

Curta o Diário do Fla no Facebook

O próximo compromisso do Sesc RJ Flamengo será apenas no dia 7 de janeiro, quando receberá o Sesi Bauru, no ginásio do Tijuca Tênis Clube. Até lá, a equipe terá um breve recesso e seguirá treinando normalmente no Rio de Janeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui