'No sábado, o Brasil vai parar para ver a decisão', diz Ronaldo Castro sobre final da Libertadores.
Arrascaeta, Michael, Everton Ribeiro e Filipe Luís durante treino no Estádio do Peñarol, no Uruguai. Foto: Alexandre Vidal/Flamengo.

Durante o programa “Os Donos da Bola” (Band), Ronaldo Castro comentou sobre a grande final da Copa Libertadores entre Flamengo e Palmeiras. Dessa forma, o jornalista afirmou: “no sábado, o Brasil vai parar para ver a decisão”.

Siga Diário do Fla no Instagram

“Esse jogo aí tem dois detalhes importantes. Primeiro que no sábado o Brasil vai parar para ver a decisão da Libertadores entre Flamengo e Palmeiras, às 17h. Outra coisa, o Rio de Janeiro vai parar no sábado e, se o Flamengo ganhar, vai parar no domingo também. E se ganhar o Palmeiras, o que não vai acontecer, São Paulo vai parar no sábado e no domingo também. Apesar de que, o Palmeiras não é a maior torcida de São Paulo. O Flamengo é a maior torcida do Brasil”, disse Ronaldo Castro.

“O Palmeiras não vai mudar a maneira de jogar. Essa maneira foi a maneira como jogaram o Fluminense e o Cuiabá contra o Flamengo. Fechadinho. O Flamengo só tocando a bola e o adversário preparado para encaixar o contra-ataque. Só que o time do Palmeiras tem jogadores de muita qualidade. Então, o português vai fechar o time dele, porque se partir para o jogo, toma de quatro. Vai fechar o time e explorar a velocidade do Rony, do Dudu, a chegada do Raphael Veiga. E o Flamengo não pode partir para cima, porque pode ser pego no contra-ataque”, complementou o jornalista.

Siga Diário do Fla no Twitter

Flamengo x Palmeiras: Final da Libertadores 2021

No dia 27 de novembro, Flamengo e Palmeiras vão protagonizar a grande final da Copa Libertadores. Dessa forma, o Estádio Centenário, em Montevidéu, tem tudo para sediar um grande espetáculo. Enfim, o Palmeiras é o atual campeão da Copa Libertadores. Assim, o Flamengo enfrentará o Verdão e o vencedor entrará para um seleto grupo de clubes brasileiros tricampeões da Libertadores (São Paulo, Santos e Grêmio).

Ainda mais, no caso do Mais Querido, o título da Libertadores seria uma forma de reforçar o grande trabalho realizado no clube nos últimos anos. Isso porque, já conquistou a “Glória Eterna” no ano de 2019. Com isso, o Rubro-Negro carioca poderia alcançar a sua segunda disputa no Mundial de Clubes em três anos.

Curta Diário do Fla no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui