Negado! Justiça não aceita novo pedido do Vasco por suspensão da licitação do Maracanã

Abertura de envolopes com propostas está marcada para esta terça-feira

(Foto: Divulgação)

O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro não aceitou o pedido de suspensão da licitação do Maracanã, realizado pelo Vasco na última semana. Com a decisão tomada, nada mais poderá impedir a abertura das propostas dos consórcios na disputa da administração do estádio, prevista para esta terça-feira.

Ao todo, três consórcios disputam a licitação da propriedade pública. São eles: Consórcio Maracanã Para Todos, de Vasco e WTorre; Consórcio Fla-Flu e Consórcio RNGD, da empresa Arena 360, administradora do Mané Garrincha.

O desembargador Eduardo Antônio Klausner foi o responsável por negar o pedido vascaíno. Para isto, a autoridade se justificou afirmando que a suspensão do processo às vésperas da abertura das propostas “prolongaria injustificadamente a exploração precária do Complexo Maracanã, em desacordo com o interesse público”.

Além disso, o desembargador também alegou que a “suspensão da habilitação dos concorrentes do Consórcio Fla-Flu e o do grupo da empresa Arena 360 provocaria grave prejuízo e o evidente esvaziamento da concorrência”.

Pedido do Vasco de suspensão da licitação do Maracanã é indeferido (Foto: Reprodução)

Assim, as propostas para a licitação do Maracanã serão abertas nesta terça-feira, às 10h30, no Palácio Guanabara, na sede do governo estadual.