Não podíamos deixar essa oportunidade passar, diz torcedor em Montevidéu

A torcida do Flamengo já tomou as ruas de Montevidéu desde o início da semana. Na última segunda-feira, o DIÁRIO DO FLA encontrou com alguns torcedores em um restaurante no centro da capital uruguaia. O grupo contou como decidiu e se programou para estar na grande decisão da Libertadores, contra o Palmeiras, no estádio Centenário, no sábado.

Siga o Diário do Fla no Twitter

“A ansiedade é muito grande. Em 2019, só um de nós aqui foi. Aí agora não podíamos deixar essa oportunidade passar. E todo mundo aqui comprou os pacotes de viagem em agosto, sem nem ter a certeza que o Flamengo chegaria aqui. Vamos ganhar com gol de Michael!”, disse o engenheiro Cristiano Souza, de 45 anos.

“Em 2019, eu fui a todos os jogos da Libertadores no Maracanã e também fui à final em Lima. Chorei igual criança com os dois gols do Gabigol. Agora contra o Palmeiras, o retrospecto favorável ao Flamengo não vai entrar em campo, ainda mais por ser um jogo só”, completou o advogado Alex Geraldelle, de 39 anos.

Acompanhe o Diário do Fla no Instagram

O torcedor que veio a Montevidéu para acompanhar o Flamengo na busca do tricampeonato teve que desembolsar uma grande quantia. Além do preço do ingresso (R$ 1.100 o mais barato), os hotéis e voos nas últimas semanas ficaram mais caros. A influenciadora Marcelle Laranjeiras falou sobre os esforços para estar perto do Mais Querido.

“A gente abriu mão dos filhos (risos). Deixei quatro filhos em casa. Para não ficar muito caro, chegamos segunda, porque no fim da semana ficaria tudo com preços altos. Eu confesso que estou um pouco preocupada, porque o time no último mês não passou muita confiança”, comentou Marcelle.

Curta o Diário do Fla no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui