'Diretoria não conta com a renda de bilheteria para fechar as contas deste ano', diz site
Foto: Paula Reis/ Flamengo

O juiz de justiça do Juizado Especial do Torcedor e dos Grandes Eventos, Bruno Arthur Manfrenatti, negou nesta quarta-feira (02) o pedido do MP do Rio para que os jogos entre os quatro grandes clubes cariocas tivessem torcida única. Foram recusados também recursos a respeito de acessos de torcedores organizados nos estádios. A notícia foi dada para o jornal ‘O Globo’, por Ancelmo Gois.

Siga o Diário do Fla no Facebook

Siga o Diário do Fla no Twitter

Siga o Diário do Fla no Instagram

Segundo o magistrado, houve falta de dados suficientes para comprovar o aceitamento e respaldo dessa decisão. Ficou mantida na justiça a responsabilidade única e exclusivamente do clube mandante das partidas em prover a segurança de todos os torcedores que estiverem presentes no estádio, independentemente da instituição. Outro pedido negado foi a de cadastramento de todos os integrantes de torcidas organizadas.

O vice-presidente de futebol rubro-negro Marcos Braz já disse em entrevista que acredita ser possível aos poucos a presença de público nos estádios. Além de Flamengo, Vasco, Fluminense e Botafogo, a FERJ e a CBF também foram réus no processo. A Federação de Futebol do Rio foi representada pelos advogados Marllus Lito Freire e Joana Prado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui