‘Jogadores do Palmeiras conhecem melhor movimentos nos jogos, isso pode ser uma vantagem’, diz Osvaldo Pascoal

Comentaristas falaram sobre o duelo entre Abel Ferreira e Paulo Sousa

Paulo Sousa-e-Abel-Ferreira
(Foto: Reprodução)

Nesta quarta-feira, Flamengo e Palmeiras se enfrentam no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. Além de ser um duelo entre dois dos melhores elencos do Brasil, o confronto conta com a disputa dos portugueses na beira do gramado.

Abel Ferreira e Paulo Sousa vão protagonizar o duelo lusitano no Maracanã, o duelo entre treinadores que são estudiosos e entendedores de tática promete ser no mais alto nível, e vai enriquecer ainda mais o clássico.

Durante o programa ‘ESPN FC’, os comentaristas falaram sobre as expectativas para o duelo dos treinadores nesta quarta-feira no Maracanã. Todos concordaram que será um confronto muito interessante de assistir, principalmente pelas características dos comandantes.

“Espero muito desse duelo entre Abel Ferreira e Paulo Sousa, são dois estudiosos e entendedores de futebol. Admiro muito o trabalho de ambos, o Paulo Sousa está iniciando o seu trabalho, cheguei até a ser crítico com ele. Agora ele encaixa o time, colocando os jogadores para fazer as suas funções. As expectativas são altas porque ambos são muito competentes mostram que querem vencer, cobram muito os seus jogadores. O Paulo Sousa por exemplo chegou falando em títulos, pedindo telão e equipamentos para melhorar o desempenho dos jogadores. Do outro lado, o Abel Ferreira já está aqui há um tempo e conhecemos as suas qualidades”, disse Zinho.

Siga o Diário no Instagram

Osvaldo Pascoal disse que pelo fato de ter mais tempo sobre o comando de Abel Ferreira, o Palmeiras pode ter uma ligeira vantagem pelo fato de os atletas entenderem o que o seu treinador pede nos jogos.

Siga o Diário no Twitter

“O Flamengo ainda tem algumas pendências de posicionamento defensivo, precisar fazer esses ajustes. O Palmeiras tem a vantagem de o Abel conhece muito melhor os seus jogadores, e de olhar já sabe o que está acontecendo em campo, é claro por ter mais tempo à frente do time. O Paulo ainda está encontrando isso, foi dito para ele que o Carioca seria para avaliar o elenco, ele aproveitou isso, e como não foi campeão a torcida ficou na bronca. Mas chegamos no Brasileiro e o time já mostra um padrão de jogo estabelecido, só que os jogadores do Palmeiras conhecem melhor os movimentos dentro do jogo, então acho que pode se aproveitar melhor disso”.