(Foto: Alexandre Vidal)

O Flamengo foi até a Europa para definir o novo técnico para 2022, e Paulo Sousa foi o escolhido pela cúpula Rubro-Negra. Entretanto, o fantasma de Jorge Jesus parece estar a cada dia mais vivo na Gávea. Nesse sentindo, nesta sexta-feira (31), Bruno Spindel, Diretor Executivo de Futebol do Megão, ao desembarcar de volta ao Rio de Janeiro, afirmou que gostaria de ter podido esperar mais por Jorge Jesus. O Mister ficou livre no mercado logo após o acerto do Mais Querido com Paulo Sousa.

Siga Diário do Fla no Twitter

“Tentamos até o momento em que o tempo começou a botar em risco a temporada do Flamengo. Eu, como Bruno e Marcos também, como pessoa, a gente gostaria de ter podido esperar mais, mas quando estamos na cadeira da instituição isso não é possível. Temos que respeitar os tempos e prazos que não coloquem em risco a temporada de 2022”, disse o dirigente.

Siga Diário do Fla no Instagram 

“Fomos a Europa para buscar um treinador que fosse compatível para o Flamengo, com um DNA ofensivo, e que tivesse uma comissão técnica completa. Além disso, buscamos treinadores de grandeza, e estivemos convictos com a escolha do Paulo Sousa desde o início”, encerrou.

Curta Diário do Fla no Facebook

Por fim, com novo treinador, o Flamengo vai em buscar das conquistas de grandes títulos que não conseguiu em 2021. Além disso, Paulo Sousa terá que vencer de uma vez por todas o fantasma de Jorge Jesus, que assombra a Gávea desde a saída para o Benfica em 2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui