'Gabigol precisa começar a ser questionado na Seleção', declara comentarista
Gabigol comera com Tite o gol marcado contra o Uruguai. Lucas Figueiredo/CBF

Nos últimos três jogos da Seleção Brasileira, Gabigol marcou dois gols. O primeiro de pênalti na virada contra a Venezuela e o segundo contra o Uruguai, com assistência de Neymar. No geral, foi uma boa data-Fifa para o atacante do Flamengo. O grande problema é que esperam que ele seja no time de Tite, tão artilheiro quanto é no Mais Querido.

Siga o Diário do Fla no Twitter

No Mengão, o atleta é o jogador mais procurado em campo, líder do time, que tem liberdade para arriscar mais. Com a amarelinha, Gabigol acaba jogando mais para o time, ajudando na marcação, se doando para que o Neymar seja sempre o protagonista. Mesmo tendo um bom desempenho coletivo e tendo marcado dois gols, para o comentarista Pedro Certezas, já está na hora do atacante começar a ser questionado na Seleção Brasileira.

Siga o Diário do Fla no Instagram

“Querendo ou não, o Gabigol tem que começar a ser questionado. Ele era pra ser o 9, o artilheiro, o goleador da Seleção, mas não está correspondendo. Ele perde muitos gols, ontem perdeu uns dois que não tem como o 9 da Seleção perder. Eu sei que é difícil e a gente reclamava que ele não tinha chance, mas agora está tendo, mas pra mim, não está correspondendo à altura. Ele precisa de 10 oportunidades para marcar três. Tem que começar a repensar”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui