Rodinei é o lateral da Série A que precisa de menos tempo para participar de um gol.
Rodinei em partida contra o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro. Foto: Marcelo Cortes/Flamengo.

Rodinei tem o futuro incerto no Flamengo. O lateral-direito se valorizou bastante desde o empréstimo para o Internacional, onde foi titular da campanha do vice-campeonato Brasileiro. Já na temporada passada foi o jogador da posição com mais assistências, somando os jogos pelo colorado e rubro-negro, com 11 no total, além de 2 gols. Entretanto, o jogador não sabe se fica no Mais Querido e, de acordo com o UOL Esportes, a decisão só será tomada após a chegada do novo técnico.

Isso porque, atualmente, mesmo em boa fase, Rodinei é apenas a terceira opção para a lateral-direita do Flamengo, atrás ainda de Matheuzinho e Isla. Com isso, diversos clubes, tanto do Brasil como de fora, estão interessados na contratação do atleta. Um outro fator que pesa é que o jogador tem vínculo com o Mais Querido apenas até o fim de 2022, o que significa que no meio do ano que vem ele já pode assinar um pré-contrato com outra equipe, sem o rubro-negro receber nada.

Dessa forma, o rubro-negro Carioca avalia se vale a pena manter o atleta ou já negociá-lo na atual janela. De qualquer forma, segundo a matéria, o clube vai esperar a definição do novo treinador e ouvir a opinião do técnico, para saber se o futuro comandante conta com Rodinei para os planos da temporada, ou se está “descartado”.

Caso seja a segunda opção, o Flamengo não deve encontrar dificuldades em vender o jogador. Isso porque, até o momento, diversos clubes já demonstraram interesse no atleta, de 29 anos. Recentemente, por exemplo, o Fluminense de Abel Braga, que já foi treinador do Rodinei, tentou a contratação do jogador, além do Charlotte FC, dos Estados Unidos, treinado por Miguel Angel Ramírez, ex-técnico do lateral nos tempos de Inter. Já o próprio colorado e o São Paulo sondaram a chegada dele.

Ainda assim, caso o próximo técnico não conte com Rodinei, o Flamengo quer ser bem recompensado pela venda do jogador. O clube carioca deseja, pelo menos, 1 milhão de dólares, o que corresponde atualmente a R$ 5,72 milhões. O valor, inclusive, já afastou em primeiro momento as possibilidades de negociação com Fluminense e Charlotte FC.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui