Flamengo entra no STJD contra sorteio de mando da Copa do Brasil

Mais Querido quer o direito de decidir o confronto no Maracanã

público Flamengo tem oito dos dez maiores públicos do Brasileirão desde 2003
Foto: Reprodução / Guilherme Silva

O Flamengo entrou com uma ação no Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) contra o sorteio de mando do campo das quartas de final da Copa do Brasil. O Mais Querido quer ter o direito de atuar em casa na partida de volta, contra o Athletico.

A informação é da repórter Raisa Simplicio, do Goal. O sorteio realizado na terça-feira (19/07), na sede da CBF, causou revolta entre os dirigentes rubro-negros. Isso porque, pela lógica do chaveamento, o Flamengo teria sido sorteado para mandar o jogo de volta das quartas de final.

Entretanto, por conta de um regulamento da CBF que não foi explicado na hora do sorteio, o mando se inverteu. O motivo seria que, pelo fato do Fluminense ter sido sorteado primeiro para decidir em casa, o Flamengo, por ser da mesma cidade, teria que jogar a volta fora.

Para os dirigentes rubro-negros, entretanto, a regra não faz sentido. Isso porque, os dois times não vão jogar no mesmo dia, já que são três datas disponíveis na semana para os duelos. Dessa forma, não teria problema de decidirem a partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil no Maracanã.

Assim, a diretoria rubro-negra, que ficou revoltada também com a falta de explicação da CBF na hora do sorteio, entrou com a ação no STJD. Vale destacar que, embora não tenha uma data certa do confronto, os jogos de ida já serão realizados na semana que vem, nos dias 26, 27 e 28 de julho.