Dorival Jr ressalta importância do Brasileirão: ‘Não abrimos mão, colocamos o melhor Flamengo possível’

Treinador ainda comentou sobre os constantes gols em bola parada

Dorival Jr ressalta importância do Brasileirão: 'Não abrimos mão, colocamos o melhor Flamengo possível'
Foto: Reprodução/FlaTV

Na noite deste sábado, o Flamengo derrotou o Coritiba por 2 a 0 mesmo com um time alternativo em campo. Após a partida, o técnico Dorival Jr concedeu entrevista coletiva. Entre diversos assuntos, o treinador comentou sobre priorizar competições e os constantes gols em bola parada do Fla.

Siga Diário do Fla no Twitter

”A nossa principal preocupação é essa aí. Uma lesão em qualquer jogador desses aí, nós os perderemos por 30-40-60 dias. E o objetivo é evitarmos isso. Estamos vindo de dois anos em sequência com jogos absurdos. Isso daí é uma reclamação de todos nós. A hora que acabou o jogo na quarta-feira, era nítido a entrega nossa, dos dois times. Todos perceberam. Usamos dois jogadores apenas daquele dia e que não suportaram a partida, imagina se tivéssemos os onze? Nós respeitamos aquilo que é estudado dentro dos clubes. Ou nós respeitamos isso ou jogamos para fora e colocamos todo mundo em campo. O que quero deixar claro aqui: Nós não abrimos mão de competição nenhuma. Colocamos em campo o melhor Flamengo possível”, disse, antes de emendar sobre gols em bola aérea:

”Isso daí complementa aquilo que deve ser criado dentro de uma partida. A bola parada é uma arma que nós temos utilizado da melhor forma. Nossos jogadores tem uma boa definição. Pela sequência, repetição e treinamentos isso daí tem acontecido de uma maneira mais natural. E espero que não pare por aí, que melhoremos a cada momento”, complementou.

Confira outros trechos da coletiva:

Curta o Diário do Fla no Facebook

Solidez defensiva e as boas atuações dos zagueiros

”Acho que jogadores que estão dentro do elenco do Flamengo, não podem ser considerados reservas ou titulares. São todos do mesmo nível, todos jogadores de ótima reposição. A grande maioria já tive o prazer de trabalhar e os conheço. Pedi que trabalhasse, se dedicassem, porque seriam aproveitados a todo momento. Não vou mudar isso, confio muito no grupo que tenho, não desisto de jogador nenhum. Hoje o que aconteceu com o Vitinho foi lamentável e em algum momento ele vai encontrar seu melhor futebol. É um grupo que merece muito respeito”

Planejamento para os dois reforços (Vidal e Cebolinha)

”Cebolinha já de imediato estará conosco. Ou atuando ou entrando durante a partida. Vidal ainda é cedo, não vamos criar uma expectativa antecipada. Vamos dar tempo para que ele também se condicione, conheça os processos para que o tenhamos com condição”

Sobre vaias e xingamentos para Vitinho

”Eu acredito muito no trabalho, dedicação e na repetição. O Vitinho tem feito isso em treinamento. Em algum momento ele vai virar essa chave, podem ter certeza. Vou continuar acreditando para que ele encontre esse caminho. Pode ter certeza que ele vai ser decisivo para nós em algum momento. Precisamos valorizar e tirar o máximo possível de cada um deles”