Departamento Médico do Flamengo segue com um número alto de atletas; confira.
David Luiz em treino no Ninho do Urubu. Foto: Alexandre Vidal/Flamengo.

Certamente, um dos destaques do Flamengo na temporada é o Departamento Médico do clube. Isso por conta de sua lotação. De acordo com o jornal esportivo “Lance”, o Mais Querido teve uma adesão ao DM a cada dois dias no mês de outubro. Dessa forma, ao todo foram 14 problemas com atletas, o que gerou importantes ausências na equipe.

Siga Diário do Fla no Instagram

Os casos mais duradouros foram de David Luiz e Arrascaeta. O zagueiro, que chegou esse ano ao Flamengo, participou de apenas dos dois jogos das semifinais da Copa Libertadores (22 e 29 de setembro). No entanto, se lesionou na segunda partida e, até então, não retornou. Havia uma expectativa de que David pudesse participar do jogo contra o Atlético-MG no último fim de semana. Mas o zagueiro sentiu um desconforto alguns dias antes e, novamente, foi desfalque. Quanto ao uruguaio, ele se lesionou enquanto disputava uma partida das Eliminatórias para a Copa do Mundo pela Seleção Uruguaia. Com isso, segue em processo de recuperação.

Recentemente, outros três jogadores entraram para a lista do Departamento Médico. Tratam-se de Diego Ribas, Filipe Luís e Pedro. O camisa 10 da Gávea desfalcou o time no Campeonato Brasileiro no dia 02 de outubro por causa de dores musculares. Logo depois, recebeu um diagnóstico de edema na panturrilha direita. Além disso, teve uma lesão na coxa direita após o seu retorno aos gramados. Quanto ao lateral-esquerdo, ele sentiu dores na partida contra o Athletico-PR, no Maracanã, pela Copa do Brasil. Dias depois, saiu a informação de que o jogador teve uma lesão na panturrilha esquerda e está em tratamento. Mas o caso mais polêmico foi do atacante rubro-negro, Pedro. Ele passou por uma artroscopia depois do diagnóstico de uma lesão no menisco do joelho direito. A polêmica se encontra no fato de que ninguém do clube explicou muito bem a situação do atleta.

Siga Diário do Fla no Twitter

Ainda mais, também chegaram a fazer parte do Departamento Médico rubro-negro na temporada: Gabigol, Bruno Henrique, João Gomes, Diego Alves, Gustavo Henrique e Rodrigo Caio. Certamente, é uma questão que precisa passar por uma avaliação na busca por soluções. Isso porque, uma boa temporada e a conquista de títulos passam pela recuperação destes atletas.

Curta Diário do Fla no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui