Clubes da Liga se reúnem e concordam em redução do número de rebaixados no Brasileirão

Caso aprovada, mudança só ocorreria em 2025, quando iniciaria a Liga

Clubes da Liga se reúnem e concordam em redução do número de rebaixados no Brasileirão
Foto: Reprodução

Na primeira reunião entre clubes da Libra e Liga Forte Futebol, houve avanços nas conversas. De acordo com o ‘UOL’, ocorreram mais consensos do que discordâncias, o que aumentou o otimismo para a realização da Liga de 40 clubes para as Séries A e B. Um dos principais consensos foi na redução do número de rebaixados de quatro para três.

Siga Diário do Fla no Twitter

Os dirigentes das partes se encontraram no início da semana passada e, segundo o portal, o maior ponto de negociação é a distribuição de receitas. De um lado participaram Corinthians, Santos e Bragantino, de outro, Fortaleza, Fluminense, Inter e Atlético-MG.

O conceito em relação a distribuição de dinheiro foi acordado, mas falta chegar em um número. Os grupos, de acordo com o ‘UOL’ concordam na diferença entre o clube que mais ganha e o que menos arrecada. Por outro lado, na divisão de receitas, não houve concordância. Enquanto a Libra defende que seja 85% para a elite e 15% para a segunda divisão, a Liga Forte defende a divisão 80% e 20%.

Curta o Diário do Fla no Facebook

Por fim, como citado no início do texto, a questão em relação a redução dos números de rebaixados avançou. O argumento seria de que a ideia traria mais estabilidade para a Série A. E, ainda, os três times rebaixados teriam receita adicional para ajudar nos custos maiores na Série B. A modificação, caso seja aprovada, só deve ser incluída em 2025, no início da Liga.