Baile! Flamengo joga bem, perde muitas chances, mas vence com facilidade o Fluminense

Rubro-Negro neutralizou adversário e saiu na frente na semifinal do Carioca

Everton Cebolinha abriu o placar contra o Fluminense (Foto: Divulgação/Flamengo)

O Flamengo saiu na frente na semifinal do Campeonato Carioca contra o Fluminense. Em noite inspirada, a equipe do técnico Tite neutralizou a de Fernando Diniz e garantiu a vitória por 2 a 0, no Maracanã. Os atacantes Everton Cebolinha e Pedro foram os responsáveis pelos gols do Mais Querido.

Com amplo domínio nos 45 minutos iniciais, o Flamengo abriu o placar logo no primeiro tempo. Contudo, foi preciso criar muitas chances para sair o gol Rubro-Negro. O atacante Pedro chegou a ter duas chances claras de gol, porém uma cabeçada parou em Fábio e um lindo voleio na trave.

Assim, apesar da pressão, o Mais Querido ia amargando um empate sem gols até que nos acréscimos Everton Cebolinha marcou de cabeça. O volante Erick Pulgar foi o responsável por achar o atacante no meio da defesa adversária com um belo cruzamento.

A vantagem Rubro-Negra no placar fez o Fluminense retornar para o segundo tempo tendo que se impor mais em campo. Porém, aos 17 minutos, o zagueiro tricolor Thiago Santos foi expulso após entrada violenta em Everton Cebolinha. Além da falta temerária, o atleta ainda parou um contra-ataque no lance.

Após a expulsão, o Flamengo foi normalmente retomando as rédeas da partida. A vantagem numérica fez a equipe de Tite dominar as ações em campo, mas determinado domínio custou a virar gol. Mais uma vez o elenco colecionou chances claras de gol desperdiçadas.

Já no apagar das luzes, o atacante Pedro foi o responsável por balançar as redes e fechar o caixão no Maracanã. Aos 45 minutos da segunda etapa, após jogada ensaiada de escanteio, o meia Arrascaeta achou o atacante na área para marcar de cabeça.

Vantagem 

Desta forma, a vantagem do Flamengo, que já jogava pelo empate para se classificar para a final do Carioca devido ao título da Taça Guanabara, ficou ainda maior. No próximo confronto, marcado para o sábado (16), às 21h, no mesmo Maracanã, apenas uma derrota por mais de dois gols tira o Rubro-Negro da decisão do Estadual.