Início Futebol Arrascaeta decide de novo e chega próximo de grandes jogadores da história...

Arrascaeta decide de novo e chega próximo de grandes jogadores da história do Flamengo

Meia Uruguaio caminha a passos largos para ser o maios estrangeiro a ter vestido o Manto sagrado

'Ele tem errado muito tecnicamente e tem pesado no desempenho do Flamengo', diz André Rocha sobre Arrascaeta
Foto: Alexandre Vidal/CRF

Desde que vestiu pela primeira vez o Manto sagrado, Arrascaeta se tornou uma das peças mais decisivas do elenco Rubro-Negro. Sendo assim, desde 2019, o uruguaio consegue elevar o nível do futebol jogado pelo Flamengo. Como resultado, o retrospecto aproxima o jogador de marcas importantes tanto dentro do clube quanto no futebol nacional.

Siga Diário do Fla no Twitter 

A importância do meia em campo se provou mais uma vez na vitória por 2 a 0, contra o Atlético-MG, pela Copa do Brasil, onde Arrascaeta marcou os dois gols da vitória Rubro-Negra, no Maracanã. Dessa forma, o uruguaio chegou a marca de 98 gols por clubes brasileiros e se aproximou da marca centésima. Além do Mengão, o jogador também marcou 49 gols pelo Cruzeiro.

Siga Diário do Fla no Instagram 

Com a raposa, o meia jogou de 2015 a 2018, fez 187 jogos, conquistou um Campeonato Mineiro e duas Copas do Brasil. Por outro lado, com o Mais Querido, Arrascaeta já acumula três anos, 170 partidas e nove títulos: uma Libertadores, dois Brasileiros, duas Supercopas do Brasil, uma Recopa Sul-Americana e três estaduais.

Curta Diário do Fla no Facebook 

Arrascaeta entrou no top-4 de artilheiros gringos do Mengão, ao fazer o 49º gol pelo clube, empatou com o também meio-campista Sidney Pullen, nascido na Inglaterra. Posteriormente na lista, aparece o lendário Petkovic. O sérvio teve 57 gols em 198 partidas. À frente de Pet estão o paraguaio Benítez, com 76, e o argentino Doval, que fez 94.

Por fim, Arrascaeta se encaminha para se tornar o maior estrangeiro que já jogou no futebol brasileiro, assim como no Flamengo. Os números são impressionantes e tudo indica que o uruguaio ainda terá uma grande carreira com o Manto sagrado.